Sempre, em toda a minha vida idealizei o amor. Busquei de todas as formas alcançar.

Hoje, só quero a realidade.



Saber-se amada é bom, mas ver-se amada é ainda melhor.

Não basta estar perto, tem que estar junto! 


Era preciso estar perto o bastante e ter a certeza de jamais ficar distante.


É claro que junto do AMAR, pode vir o amor egoísta. Porque é óbvio que fazer alguém feliz faz bem pra gente também então queremos muito amar o próximo.

Contudo o AMAR é diferente. Ama sem pensar no retorno. Ama sem fazer nada para si, sem exigir e para isso – ignorar ou sublimar o “amor egoísta” é preciso aprender.

(...)

Ontem, depois de mais uma das minhas demonstrações do amor egoísta que ainda sinto, o Meu Amor me deu uma grande lição de AMAR (meio torta e bem dolorida). Sim, eu tenho certeza de que ele me ama. Sempre tive desde que o conheci. Óbvio que a minha parte egoísta e insegura às vezes duvida disso, mas a minha alma sabe que sim.

Então é hora de AMAR, mais uma vez. Esperar, compreender e rezar. Sim, rezar. A fé sempre esteve comigo desde o início, neste amor. Santo Antônio deve ter ajudado o encontro. Buda deve ter batido palmas também. E foi nessa que eu li o bilhete do Lama.

AMAR é fazer alguém feliz.

E não custa nada seguir as instruções. Por mais que doa, é o melhor que se pode fazer para deixar alguém feliz. Respeitar, mesmo que doa em você. Lembro sempre que por trás da frase citada, há uma imensa dose de altruísmo – no AMOR, primeiro vem o AMADO – se ele estiver feliz, você também vai estar.

**********************************************************

Lembre-se de que um pause, nada mais é do que uma respiração a mais, para um recomeço como num filme. Pausamos porque precisamos – ou ir ao banheiro, ou atender ao telefone… – e quando o filme é realmente bom, sempre apertamos o play de novo, para assistirmos ao final. Que pode ser feliz ou não. O importante é voltar ao play para sabermos como é que termina essa história.

O stop a gente só aperta quando for guardar o DVD para assistir novamente, em um outro dia…

(poucaspalavras.wordpress.com)


Ah, saudade de jogar minha fazendinha, viu?!
:(


Ah, minhas unhas quebraram e estava sem ideia de como pintar as unhas... Pesquisa vai, pesquisa vem e decidi fazer essas bolinhas estilo Toad hahah!

Usei o Santa Gula da Risque e o Cremoso da Ludurana (a cada dia  me apaixono mais pelos esmaltes da Ludurana, viu?)

E as bolinhas é só lixar o palitinho, de forma que ele pareça uma bolinha em vez de pontiagudo, e carimbar ;)

OBS: Não reparem o pelo do meu gato na unha do dedo mindinho rs


"O dia mente a cor da noite
E o diamante a cor dos olhos
Os olhos mentem dia e noite a dor da gente"

Enquanto houver você do outro lado
Aqui do outro eu consigo me orientar
A cena repete a cena se inverte
Enchendo a minha alma daquilo que outrora eu deixei de acreditar

Tua palavra, tua história
Tua verdade fazendo escola
E tua ausência fazendo silêncio em todo lugar

Metade de mim
Agora é assim
De um lado a poesia o verbo a saudade
Do outro a luta, a força e a coragem pra chegar no fim
E o fim é belo incerto... depende de como você vê
O novo, o credo, a fé que você deposita em você e só

Só enquanto eu respirar
Vou me lembrar de você
Só enquanto eu respirar

(O anjo mais velho - O Teatro Mágico)


Devidamente matriculada e feliz da vida! :D


Eu tenho o gato mais fotogênico do mundo ♥


Bom, essa semana optei pelo Block Color Azul da Ludurana, é um azul bonito lembra muito o Perolado New York da Ana Hickman (que eu acho lindo por sinal). Passei duas camadas, acho que vou passar mais uma camada porque na unha, ao vivo, o branquinho da ponta da unha não aparece :(

Achei bonito, mas eu pensei que era mais... vou testar o amarelo, o violet e o preto que foram as cores que mais me chamaram a atenção! :)


Rodando e rodando o disco sem parar, 
acha que controla mas é incapaz, 
quanto mais escuta você quer pra mais. 
Me impedir nao é LE-GAL, 
o som na cabeça é BRUTAL, 
você tem que ouvir 
meu embalo musicaaaaaaaal... 

(Vendo Bob Esponja, fiquei com essa música na cabeça u_u) 

Você foge da canção mas ela não tem fim, 
será que essa loucura um dia vai ter fim? 

AAAHHH!


Amar você é descobrir que alguns mergulhos são desnecessários, que algumas coisas existem para se conhecer só na superfície, dispensando dicionários, porque elas são simplesmente aquela estrada rasa feita pra se caminhar por cima e a esmo. É eu saber teu colo e você a minha mão quente. É esse nosso afago relembrar a euforia das paixões adolescentes. É poder ouvir exatamente o que foi dito sem procurar uma mensagem oculta, uma palavra mágica dissolvida no contexto ou outros indícios. É respeitar tuas vontades, tua inconstância, tuas dificuldades. É saber que uma meia-verdade pode ser a verdade mais sincera de cada um...

Amar você é ter vontade de ir a lugares que não conheço e me expor de um jeito que me ilumina. É transgredir a ordem das coisas, transmutar medos antigos e cantarolar canções novas. Amar você é passear por entre haicais, sonetos e trovas.

Amar você (...) é entender tuas limitações porque me olho e vejo as minhas, é conceber minhas mudanças porque também vejo as tuas. É não deixar que nada corrompa nossas essências, porque nos queremos melhorar para o mundo, porque queremos embelezar nosso universo, porque queremos ser além das aparências. É saber que cada passo que dou será na direção que escolhi e que só terei o conforto da sua companhia se, por acaso, quiser seguir o mesmo rumo. Porque somos unos, múltiplos, imensos, nunca os mesmos, sempre os únicos, os mais intensos.

Amar você é encontrar leveza nas emoções que nos transbordaram porque estávamos prontos. É escrever um dicionário de palavras distraídas. E adentrar o corpo de um poema recente, ainda disforme. É falar de amor usando a metáfora mais inocente.

Amar você é também experimentar a simplicidade com que tudo pode ser vivido, até àquela hora em que o desejo dorme. É vir à tona e, sem sustos, te deixar ser e me vir refletida, pedra bruta antes de ser polida, até a hora da próxima fome.

Amar você é amar aquilo que, de outra forma, jamais faria sentido: é abraçar teu passado, teus traumas, teus vazios, tuas confusões e angústias existenciais como quem abraça a um amigo.

Amar você é agradecer profundamente, ao acordar, por esta pessoa inteira, que jamais será uma metade e que me escolheu para a soma, e que com todas as alternativas que teve, preferiu seguir comigo.

Amar você me fortalece.

(Marla de Queiroz)


Unha para o ano novo!

Usei o Ultimate 3d (Big Bang) da Top Beauty umas 4 camadas pra atingir o que eu queria, o Branco Cremoso da Impala e o Rose Bombom da Risqué!

Apliquei as pedrinhas após secar a unha, que são muito chatinhas e saem a toa, mas ficou lindo! Durou a virada pelo menos rs!


"Quero seus braços no fim das minhas mãos, e depois de tua partida escrever por não saber o que fazer com elas." 

(Lia Araújo)


(Jacob - Eclipse)


Bella: Casamento é só um pedaço de papel.

Edward: De onde venho, é o modo de dizer "eu te amo".

Bella: De onde eu venho, na minha idade, é o modo de dizer "estou grávida".

(Bella e Edward - Eclipse)

Um ano novo, é um novo começo! Como ter uma grande folha de papel em branco para desenhar: cheio de possibilidades! 

(Calvin and Hobbes)


Copyright © 2011 Quero refletir amor.... Designed by MakeQuick, blogger theme by Blog and Web | Posts RSS | Comments RSS