Entenda, ainda que eu tivesse dito ou escrito tudo o que eu preciso te dizer ou escrever, ainda faltariam algumas palavras: talvez centenas – daquelas que somos incapazes de dizer. Talvez milhares – daquelas que somos incapazes escrever. Aquelas que não têm forma, som, pronúncia ou tradução. Aquelas que nascem em nós como os lírios peruanos – suas flores preferidas – que brotam com a mesma delicadeza em algum jardim desconhecido ou no canto mais bonito e iluminado da janela do seu quarto, colorindo a escuridão dos seus olhos com cores vivas – daquelas que parecem tingir para sempre a sua realidade, daquelas que parecem espantar pela raiz qualquer semente de maldade, daquelas que parecem fazer sumir de vez qualquer sintoma de tristeza. E elas não precisam ser vistas, ouvidas, lidas. Apenas precisam nascer para alegrar nosso mundo e morrer algumas paixões mais tarde com aquela doce sensação de amor cumprido.

(Últimas palavras - Antônio)

Hoje usei o Xalana da Adriane Galisteu. Aderindo a moda neon :)

Depois de um tempo sem postar o esmalte da semana, com o carnaval finalmente consegui pintar esse cotoquinho de unha.

Usei o Turquesa da Big Universo. Fazia tempo que queria usar esse lindao.

A foto é do celular, mas nao deixou de captar essa cor lindona ;)


"Citarse"


Dó com baixo em dó
Sol com baixo em si
Lá com baixo em lá
Lá com baixo em sol
Fá com baixo em fá
Fá com baixo em fá sustendido
Sol com baixo em sol
Sol com lá bemol
Dó maior com dó
Sol maior com si
Lá menor com lá
Lá menor com sol
Fá com baixo em fá
Fá com baixo em fá sustendido
Sol com baixo em sol
Sol com lá bemol

(Canção pra não voltar - A banda mais bonita da cidade)

Copyright © 2011 Quero refletir amor.... Designed by MakeQuick, blogger theme by Blog and Web | Posts RSS | Comments RSS