a saudade 
na verdade
é um cômodo

a saudade 
na realidade
é como dor

(Julianna Motter)

Bom dia
Olha as flores que eu trouxe pra você, amor
São pra comemorar aquele dia
Que passei a viver do teu lado
Eu me lembro, entre nós não havia quase nada

E agora é só você que me faz cantar
E é só você que me faz cantar...

Havia mil motivos pra eu não estar naquele show
Mas o nosso destino foi escrito
Sob o som de uma banda qualquer
Eu me lembro, em setembro conheci minha mulher

E agora é só você que me faz cantar
E é só você que me faz cantar

(Bom dia - Los Hermanos)

Diz que gostou da comida que eu fiz
Dos brincos que comprei
Das flores que eu mandei
Minta pra mim!

Diz que é pra sempre
Que não vive sem mim
Que nascemos um para o outro
Minta pra mim!

Ria das minhas piadas sem graça
Termine as frases comigo e diga “compatibilidade de gênios”
Diz que não ouve meu ronco
Que meu cheiro é bom, mesmo quando estou suado
Que dinheiro não traz felicidade
Minta pra mim!

Diz que eu emagreci
Que a dieta da lua tá funcionando
Mas pra eu não emagrecer mais, porque você gosta de “ter onde pegar”

Diz pro mundo, que você sempre me foi fiel
Que eu sou o seu primeiro, não que isso seja importante,
Mas a mentira é

Eu não quero saber da verdade
Odeio gente que diz a verdade
Gente sem coração!

Quando você me deixar....Quando você for embora
Diz que é pro meu bem,
Que é VOCÊ que me faz mal, que eu mereço coisa melhor, que eu sou sensacional
Mas.....MINTA PRA MIM!!

Esse será o nosso combinado, o nosso segredo......eu e você, eternamente....
... como o Sr. Roarke e o Tatoo, numa Ilha da Fantasia

(Alexandre Nero)

Quando me decepciono com alguém, provavelmente me coloquei em segundo plano. Se estou segura de que não tenho o controle sobre o Outro, seu comportamento pode ser frustrante, mas jamais será algo que me tire a capacidade de aceitá-lo mesmo não compreendendo-o. Sou injusta quando pretendo que alguém me surpreenda positivamente sempre: difícil demais termos para dar o que esperam de nós. Pois nós mesmos nos prometemos coisas que não conseguimos cumprir e também nos maltratamos, nos enganamos, nos boicotamos. Por medo de sofrer, vivemos o inferno interior que tememos. Por medo de estar livre, nos aprisionamos ao fantasma da ilusão. Por isso, cuido para arejar meu coração e não intoxicá-lo com o veneno do rancor, medo, insegurança. Meus olhos estão voltados para a luz. Meu corpo recebe amorosamente o que é saudável. Minha sede é de vida. E minhas semanas pretendem sempre a paz.

(Marla de Queiroz)

"As professoras dizerem na sala de aula que "todos somos iguais" e não combater a situação, nunca me livrou de sofrer racismo.

Dia da consciência negra, sim! Sua consciência humana nunca me fez saber da existência de Solano Trindade na escola, nunca me fez aprender em uma aula que o negro resistiu, nunca me ensinou que princesa Isabel não era a redentora. Por falar nisso, por que o dia da Abolição não incomoda tanto quanto o dia da consciência negra? Será porque a personagem principal do acontecimento histórico era uma princesa branca? Sua consciência humana não fez os personagens históricos negros aparecerem no meu livro de história, sua consciência humana não tirou esse grupo da posição de subalternidade. Sua consciência humana não levou os negros recém saídos das casas grandes para o mercado de trabalho, não livrou os meus ancestrais de subirem para os morros por falta de opção, sua consciência humana não livra meninos pretos de serem mortos por estarem em um beco escuro, não livra qualquer negro de ser suspeito, não me livra de olharem estranho pro meu cabelo livre de processo químico. Sua consciência humana não livra os cotistas negros de gente sem informação, sem conhecimento histórico de dizer que cotas são ações racistas. Sua consciência humana não me livra, não me encanta, não me serve de nada. Sua consciência humana serve pra abafar o caso, pra não ver preto falando com propriedade sobre sua própria condição. Sua consciência humana serve pra alienar outros pretos que se negam a se reconhecer como tal, que não percebem que sua negritude os exclui de alguns espaços, que seus traços ainda são um empecilho. Sua consciência humana serve pra você, que fica incomodado quando você não é a estrela da festa. Sua consciência humana é porque você não quer reconhecer sua posição de privilegiado e é melhor desmobilizar do que unir forças, mesmo quando o assunto não é sobre você. 

Eu quero que se lasque sua consciência humana. Eu quero dia do preto, dia pobre, do cigano,do favelado, do viado, da sapatão, da travesti e do nordestino. Quero dia de gente que ainda é invisível por uma sociedade que prefere não falar sobre o assunto, que prefere dizer que todos somos iguais pra não ter que olhar pros direitos de quem ainda não tem tantos direitos assim.

Sua consciência humana, me dá asco."

(Bruna de Paula)

Copyright © 2011 Quero refletir amor.... Designed by MakeQuick, blogger theme by Blog and Web | Posts RSS | Comments RSS